terça-feira, 16 de junho de 2009

AMOR EXIGENTE

Histórico
Por volta dos anos 70, surgia nos Estados Unidos, o “THOUGHLOVE”, movimento liderado por David e Phyllis York, um casal de americanos com três filhas, todas envolvidas com drogas. Era, de certa forma, um movimento reacionário, contra a linha estremista de liberdade e exageros na valorização da criança e do adolescente. A maioria dos profissionais, então seguidores culpavam os pais por todos os demandos dos jovens, deixando, neles um ressentimento de desamparo e confusão. O movimento rapidamente se fortaleceu rompeu as fronteiras americanas.
Os Pioneiros
Padre Haroldo J. Rahm, jesuíta nascido no Texas - EUA, já brasileiro morando no Brasil desde 1964 e tendo feito sua vida de serviço a jovens em Campinas, SP, uma Comunidade Terapêutica para recuperação de dependentes de álcool e outras drogas. No começo dos anos 80, ao tomar conhecimento desta proposta americana, imediatamente adotou-a. Os princípios são, na realidade exatamente aquilo em que - com sua vivência e experiência de conselheiro - Padre Haroldo acredita. Os pais, apropriando - se desses princípios, iriam sentir - se mais seguros e possibilitariam que seus filhos mudassem seus comportamentos . Da tradução do livro e à tentativa de organização do grupo no brasil foi um salto. Em 1987, Mara Silvia Carvalho Menezes, à frente do movimento, adaptou o Amor Exigente - AE ao contexto brasileiro e apresentou o novo programa durante a primeira conferência latino americana de comunidades terapêuticas para farmacodependentes e alcoolistas, prevenção e terapia.Adaptação Brasileira
Aos dez princípios do programa americano, acrescentou mais dois e a partir dos doze princípios, apresentou preceitos sem fronteiras para a organização da fase de lá para cá, o movimento cresceu e espalhou - se por todo o país.
Trabalho Voluntário
Atualmente, alguns milhares de voluntário, mestres em AE, lideres importantes em suas comunidades, estão a serviço deste apostolado, que é o resultado de uma caminhada persistente, perseverante, de tantos quantos acreditam no AE e de levar outras pessoas a se beneficiarem deste programa. Esta é mais uma grande vitória de Padre Haroldo que, grande semeador, nos dá a oportunidade de cultivar e acompanhar as colheitas.
Proposta Comportamental Essencialmente, o AE é um novo enfoque para verdadeiros e comprovados corpo de educação. É uma proposta comportamental, destinada à pais, orientadores, educadores e familiares em geral como forma de previnir e solucionar problemas com alunos, filhos entes queridos. Em grupo de apoio e ajuda mútua do AE, os pais, professores e familiares, são encorajados a agir em vez só de falar, desencorajandos a usar de violência ou agressividade, levandos a construir a cooperação familiar e comunitária. O AE existe para ajudar os pais a encontrarem o dificíl caminho para ajudar seu filho a livrar-se das drogas.